Início » Uncategorized » Indígenas Guarani ocupam Núcleo da FUNAI em Palhoça, Santa Catarina

Indígenas Guarani ocupam Núcleo da FUNAI em Palhoça, Santa Catarina

Autores de A cor da Terra

Compre nossos livros

Mais fotos

Pessoas no blog

web stats

Olhos da Terra

Twitter

Escreva seu endereço para receber ACordaTerra no seu e-mail.

Junte-se a 35 outros seguidores

Indígenas Guarani ocupam Núcleo da FUNAI em Palhoça, Santa Catarina

Palhoça, 16 de Março de 2009.

Caciques e lideranças das 20 aldeias da etnia indígena Guarani do litoral catarinense, ocupam a sede do Núcleo da FUNAI (Fundação Nacional do Índio), em Palhoça, SC. Organizados num conselho de anciões e caciques, a Comissão Guarani Catarinense Nhemonguetá, entraram no prédio da FUNAI por volta das onze horas e retiraram o Chefe de Núcleo, Sr. José João de Oliveira.

“A FUNAI em Palhoça tem atendido muito mal as aldeias Guarani, e já denunciamos a situação ao Presidente da FUNAI, o Dr. Márcio Meira, e agora só sairemos daqui quando vier alguém de Brasília e um Guarani escolhido pelas comunidades for colocado no cargo”, disse Wera Tupã, porta voz da ocupação e coordenador da Comissão Nhemonguetá. “As comunidades estão cansadas com a falta de compromisso de alguns funcionários públicos que trabalham com indígenas. A FUNAI pode melhorar, mas precisa estar mais próxima das aldeias, e com pessoas sem interesse de resolver os problemas das aldeias nunca vão conseguir qualidade no atendimento aos indígenas”.

Com palavras fortes em língua Guarani, fazendo rezas com cachimbos tradicionais, a ocupação permanecerá enquanto for necessário para resolver a nomeação do novo Chefe de Núcleo.

Veja documento elaborado pela Comissão Nhemongueta abaixo. Fotos em anexo.

______

Comissão Catarinense Guarani Nhemongueta

Santa Catarina – Brasil

Palhoça, 15 de Março de 2009.

Ao: Sr. Marcio Meira

Presidente da FUNAI

Tomada do Núcleo da FUNAI de Palhoça – SC

A Comissão Nhemongueta, que reúne os caciques e lideranças das aldeias Guarani de Santa Catarina, de acordo com o excesso de reclamações das comunidades do litoral do estado quanto a atuação do Chefe de Núcleo da FUNAI em Palhoça, o Sr. José João de Oliveira, vimos por meio deste informar que, neste dia, OCUPAMOS a sede do Núcleo de Palhoça para manifestar o que já havíamos denunciado em documentos, dos quais não obtivemos soluções.

Portanto, anunciamos a ocupação e exigimos a saída imediata do Sr. José João de Oliveira do Núcleo da FUNAI de Palhoça, e urgente solução para melhoria do atendimento no litoral catarinense pela instituição.

Estamos cansados do descaso com que o Chefe de Núcleo trata nossas comunidades e, anunciamos: só sairemos após que nossas reivindicações forem aceitas e mudanças de fato forem encaminhadas.

Exigimos a presença do Sr. Márcio Meira, Presidente da FUNAI, ou alguém da FUNAI Brasília indicada pelo Presidente.

Propomos como solução deste problema que um indígena Guarani, nomeado pelas comunidades Guarani do litoral de SC, ocupe o cargo de Chefe de Núcleo e que seja contratado de imediato.

A Comissão Nhemongueta.

__________________________________________

_dsc7684

_dsc7697

ENGLISH

Indigenous Guarani occupy Núcleo da FUNAI in Palhoça, Santa Catarina

Palhoça, 16 March of 2009

Caciques and leaders of the 20 villages of the indigenous Guarani ethnicity of the Santa Catarina coast occupy the headquarters of the Núcleo da FUNAI (National Foundation of the Indian), in Palhoça, SC. Organized in a counsel of elders and caciques, the Comissão Guarani Catarinense Nhemonguetá, entered the FUNAI building at 11am and removed the Chefe de Núcleo, Mr. José João de Oliveira.

“The FUNAI in Palhoça has attended very poorly to the Guarani villages and we have already denounced the situation to the President of the FUNAI, Dr. Márcio Meira, and will leave only when someone from Brasilia arrives and a Guarani, chosen by the communities, is placed in charge”, says Wera Tupã, spokesman for the occupation and coordinator of the Comissão Nhemonguetá. “The communities are tired of the lack of commitment by some of the public functionaries who work with the indigenous people. The FUNAI can improve, but needs to be more proximate to the villages, and with persons lacking interest in resolving the problems of the villages, quality is never going to be achieved in attending to the indigenous people”.

With strong words in the Guarani language, conducting prayers with traditional cachimbos, the occupation will continue as long as necessary to resolve the assignment of the new Chefe de Núcleo.

See document prepared by the Comissão Nhemonguetá below.

Comissão Catarinense Guarani Nhemongueta

Santa Catarina – Brasil

Palhoça, 15 March, 2009

To:     Sr. Marcio Meira, President of FUNAI

Taking of the Núcleo da FUNAI of Palhoça – SC

The Comissão Nhemonguetá, which convenes caciques and leaders of the Guarani villages of Santa Catarina, in agreement with the excess of complaints by the coastal communities of the state as to the performance of the Chefe de Núcleo of FUNAI in Palhoça, Sr. José João de Oliveira, we come by means of this to inform you, that on this day, WE OCCUPY the headquarters of the Núcleo de Palhoça to manifest what we have already denounced in documents, through which we have not obtained solutions.

Therefore, we announce the occupation and we demand the immediate departure of Sr. José João de Oliveira of the Núcleo da FUNAI de Palhoça and urgent solution to improve the attention on the coast of Santa Catarina by the institution.

We are tired of the indifference with which the Chefe de Núcleo treats our communities and, we announce: we will depart only after our demands have been accepted and changes are in fact underway.

We demand the presence of Sr. Márcio Meira, President of the FUNAI, or someone from FUANI Brasîlia, designated by the President.

We propose, as a solution to this problem, that an indigenous Guarani, named by the Guarani communities of the coast of SC, occupy the office of Chefe de Núcleo and be contracted immediately.
The Comissão Nhemonguetá

About these ads

1 comentário

  1. Sérgio disse:

    Reikoporã pá? Parabéns pela “cor da terra”, sou amigo do cacique Marco Antonio (Karai Djekupé) e fiquei sabendo da sua atuação por ele mesmo. Brevemente vamos nos encontrar.
    Abraço

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 35 outros seguidores