Home

A comunidade indígena do Estado do Rio Grande do Sul obteve mais uma conquista na construção de políticas públicas para os povos indígenas e para a efetivação de uma proposta político-pedagógica para as Escolas Indígenas, nesta segunda-feira (07). O secretário de Estado da Educação, Jose Clovis de Azevedo, convidou o índio e professor João Maria Fortes para trabalhar na Secretaria, no Departamento de Gestão da Aprendizagem (DGA/DP), ao lado do assessor Rodrigo Veenzon, que é responsável pela Educação Indígena da Seduc.
O convite ocorreu durante audiência com representantes do Conselho Estadual dos Povos Indígenas (CEPI) – órgão vinculado a Secretaria de Justiça e Desenvolvimento Social – que apresentaram para o secretário Azevedo diversas demandas relacionadas à educação indígena. De acordo com a coordenadora executiva do CEPI, Sonia Lopes dos Santos, um dos principais problemas enfrentados pelos povos indígenas é a falta de espaço do índio no debate para as políticas públicas. Entre as solicitações: regularização das Escolas Indígenas; criação por parte da Seduc de um conselho estadual escolar indígena; implantação de um plano de carreira para o magistério indígena; realização de concurso público específico e diferenciado para os professores e funcionários das escolas indígenas; construção e ampliação das escolas e o cumprimento, por parte do Estado, ao direito indígena a uma educação específica e diferenciada orientada por uma equipe de gestores qualificada.

Diante das demandas apresentas, o secretário convidou o professor João Maria para integrar a equipe da Seduc, tendo como uma das primeiras tarefas o levantamento detalhado das escolas que necessitam de regularização. O novo colaborador também vai participar junto com o Departamento Pedagógico (DP) na reformulação da proposta político pedagógica para as escolas indígenas. O professor João Maria Fortes foi presidente da Associação dos Professores Bilíngüe Kaingáng e Guarani (APBKG), também atuou no Núcleo de Educação Indígena do Estado. E atualmente é estudante do curso de História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

 

Participaram da reunião os caciques: Luis Salvador da comunidade Indígena Rio dos Índios no município de Vicente Dutra, Selso Jacinto da comunidade Kaingáng de Irai, Antônio Moreira da comunidade Rio da Várzea no município de Liberato Salzano, e a chefe de gabinete da Seduc Simone Mosna Demoly.

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s