6 pensamentos em ““O aquecimento global é uma mentira”, afirma Ricardo Augusto Felício, professor de climatologia na USP.

  1. É impressionante como essa leva de “climato-céticos” tem tentado manipular a opinião pública. Mudanças climáticas estão ocorrendo sim e nós veremos as consequências.
    Os “climato-céticos” são os mesmo que desmentiam os efeitos maléficos do cigarro nos anos 80, os efeitos do CFC na camada de ozônio e os efeitos maléficos do amianto durante os anos 90… coincidência, não?! A industria (principalmente a americana) também tem seus “cientistas” comprados para defender seus próprios ideais!!!
    A comunidade científica reconhece claramente o quadro de mudanças climáticas, vejam:
    http://www.sciencemag.org/content/306/5702/1686.full Science!!!
    http://www.agu.org/pubs/crossref/2009/2009EO030002.shtml EoS
    http://www.pnas.org/content/early/2010/06/22/1003187107.abstract PNAS!!!!

    Curioso também é olhar o CV (http://lattes.cnpq.br/3573585906523607) desse professor da USP (a melhor universidade da América Latina!) e ver que ele não tem nenhum artigo publicado em revistas científicas internacionais (onde as teorias cientificas, inclusive causas e consequências do Aquecimento global, são realmente debatidos) sobre essas “desinformações” que ele vomita durante a entrevista do Jo! Então, como “cientista” que se auto-afirma, ele deveria saber que sem provas (dados publicados) seus argumentos não passam de opiniões sem nenhum peso científico e, dessa forma que ele expõe, só servem para manipular a opinião publica e aparecer!!!!!!!!
    Já que ele sabe “ler, falar e entender razoavelmente a língua francesa” (ver no seu próprio currículo lattes), era bom ele ler o livro “Le populismo climatique: Claude Allègre et Cie, enquête sur les ennemis de la science” (Tradução: O populismo climático: Claude Allègre e Compania, enquete sobre os inimigos da ciência)
    para entender, por exemplo, como essa onda de mentiras negando as mudanças climáticas se desenrolou nos países desenvolvidos (EUA, Inglaterra, França, etc) nos últimos 5 anos!!!!
    Atenção telespectadores, essa onda de mentiras “climato-céticas” já foi discutida e o lobby já foi desmascarado!!!
    Acordem jornalistas!!!

    • Como diz o próprio Ricardo Felício: se algo não está provado cientificamente, quem afirma algo é quem tem que provar. Estes cientistas comprados falam sobre aquecimento global, mas não provam. O fato é esse: a terra tem ciclos de temperaturas mais baixas e ciclos de temperaturas mais altas. E basta observar a geografia… países que têm temperaturas mais baixas não são tão bem alcançados pelo sol, como os mais quentes…. 99,99 % do calor ou frio na superfície é exclusivamente devido ao sol… E mais: Ja houve, por exemplo, eras de maior presença de CO 2 na superfície da terra… e mais: estamos próximos de um esfriamento maior. Embora, evidentemente o homem tem a possibilidade de modificar fatores ambientais, isso devido á interesses e por possuir tecnologia para isso, como provocar terremotos, etc…pelo que se pode observar, há muita complexidade no tema…é necessário estudar o assunto e fazer as devidas observações… Antes se retirava o apêndice devido á dor. Hoje sabe-se que é um órgão ligado á defesas do organismo contra infecção abdominal. Pesquisem sobre o “planeta gelado” e verão a razão desse gelo: por orbitar tão longe do Sol, Netuno recebe muito pouco calor….. não subestimem o sol. A luz que vem dele, por exemplo, é a responsável pela velocidade dos ventos.

    • ESSA TRAGICÔMICA MENTIRA FOI DESMENTIDA DESDE 1997 COM A PETIÇÃO DO OREGON-EUA SUBSCRITA POR 31 MIL CIENTISTAS E 9 MIL DOUTORES. O LíDER DA PETIÇÃO, O DR. FREDERICK SEITZ, REITOR DA UNIVERSIDADE DO OREGON E PRESIDENTE DA ACADEMIA NACIONAL DE CIÊNCIAS DOS EUA
      CONFIRMOU QUE OS CRIMINOSOS CIENTISTAS DA ONU SÃO PAGOS PARA MENTIR DELIBERADAMENTE!
      ESSE MURILO DIAS É PAGO POR QUEM? PELA MARINA OU POR MINERADORES E AGROPECUARISTAS ANGLO-AMERICANOS?

  2. Acho que cientistas comprados são aqueles que defendem o aquecimento global e outras estorias, fianciados por pessoas com interesse de tornar nações em desenvolvimento como a nossa um grande museu natural e não outra potência.

  3. Uma dúvida, quando se tem uma hipótese, deve-se prová-la, ou o ônus da prova cabe a quem a contesta? Por exemplo (algo absurdo): se alguém diz que o monstro do lago Ness existe, e eu duvide, teria eu que apresentar as provas em contrário? O que quero dizer, na verdade, é que, embora pessoalmente, não esteja tão convencido de tudo o que o professou afirmou, provavelmente deve existir muita falácia a respeito das mudanças climáticas (não fiz nenhuma medição, nem acompanhei nenhum trabalho na área, mas pra mim o clima está mudando, mas realmente, ainda que provasse, não poderia afirmar se essas mudanças são naturais ou provocadas por nós) …E, por último, essas teorias de conspirações de governos existem dos dois lados.

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s