Home

Mais um passo para desmascarar a guerra proclamada pelos ruralistas contra os indígenas no Brasil. Proprietário de terras no Mato Grosso do Sul investiram recursos em ações para calar indígenas, mas a justiça aponta os culpados.

Estes são radicais que apoiam politicamente a bancada ruralista no Congresso Nacional e pressionam STF, Ministério da Justiça, Funai e AGU contra indígenas.

Veja a notícia de http://www.survivalinternational.org/ultimas-noticias/8503

As autoridades brasileiras prenderam 18 pessoas em conexão com o assassinato de destaque de um líder indígena por pistoleiros mascarados.

O líder religioso Nísio Gomes foi assassinado na frente de sua comunidade Guarani no estado de Mato Grosso do Sul em novembro passado. Seu corpo nunca foi encontrado.

A lista de suspeitos inclui o proprietário de uma notória empresa de segurança que contrata pistoleiros para patrulhar terras ocupadas por fazendeiros.

Os advogados que agem para o proprietário da Gaspem Segurança, Aurelino Arce, até agora não conseguiram garantir a sua libertação.

A Polícia Federal vinculou outros suspeitos de destaque ao assassinato de Gomes, incluindo 6 fazendeiros, um advogado e um funcionário público. 

As acusações contra os detidos incluem: planejar o ataque, fornecer armas, corromper testemunhas e fraude.

Os Guarani do Brasil são repetidamente expulsos de suas terras por fazendeiros e obrigados a viver em condições perigosas na beira das estradas ou em reservas superlotadas.

Os assassinatos de lideranças Guarani por homens armados também são comuns como uma tentativa para impedir que as comunidades retornem à sua terra.

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s